GAPA e SISMA

GAPA e SISMA do contrato 003/2019, das cidades de Aracatu, Condeúba, Cordeiros e Rio do Antônio.

Programa de Cisternas

Visita em algumas comunidades de Aracatu para famílias beneficiarias do Programa de Cisternas.

II Feira da Agricultura Familiar do Território Sertão Produtivo

Relembrando a II Feira da Agricultura Familiar do Território Sertão Produtivo. Foi no parque de Exposição em Brumado. Este ano fez 3 anos, que juntos aos agricultores expomos: Artesanatos, frutas, hortaliças, doces, mel, cachaça orgânica e apresentações culturais.

Participação do evento com o ex presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Caravana da Cidadania

Ex presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Caravana da Cidadania.

Curso de Meliponicultura

Com aulas práticas e Teóricas. Projeto minha casa minha vida melhor.

Cerimônia de Comenda

Cerimônia de comenda do Secretário da SJDHDS Carlos Martins. Na Assembleia dos Deputados do Estado da Bahia (ALBA). E entrega da maquete ao nosso Exmo Secretário Carlos Martins, com Márcio Aguiar representando a ASFAB.

Nosso Objetivo

Congregar agricultores e produtores regionais de sua área de atuação, realizando o interesse econômico e social dos seus associados por meio de ajuda mútua dos mesmos, bem como atuar com vistas à efetivação de sua responsabilidade social, assegurando-se também à comunidade os benefícios de sua atuação;

Eventos

Com o objetivo oferecer atendimento e benefícios sociais, sobretudo a famílias em situação de vulnerabilidade social, através de capacitações profissionalizantes, buscando incentivar, orientar, financiar e acompanhar projetos alternativos de geração de renda e melhorias das condições de vida de famílias na zona rural e nos bairros menos favorecidos na cidade, captar recursos financeiros para a concretização e manutenção desses objetivos, através de doações, campanhas, mensalidade de associados, convênios com outras instituições ou órgão de governo, mantendo intercâmbio de mútua colaboração.

Associação de Agricultores Familiares Camponeses da Bahia

Com atuação nos município dos Territórios Sertão Produtivo, Velho Chico, Sudoeste, no Semiárido Baiano, com atuação em vários municípios deste e de outros Territórios da região e tem tido atuação relevante na promoção da cidadania, na convivência com o Semiárido e Segurança Alimentar, por meio da garantia de direitos, através de parcerias diversas, concretizadas através de Contratos, e outros. Além disso, a entidade objetiva oferecer atendimento e benefícios sociais, sobretudo a famílias em situação de vulnerabilidade social, através de capacitações profissionalizantes, buscando incentivar, orientar, financiar e acompanhar projetos alternativos de geração de renda e melhorias das condições de vida de famílias na zona rural e nos bairros menos favorecidos na cidade, captar recursos financeiros para a concretização e manutenção desses objetivos, através de doações, campanhas, mensalidade de associados, convênios com outras instituições ou órgão de governo, mantendo intercâmbio de mútua colaboração.

A princípio, em parceria com a CPT – Comissão Pastoral da Terra, utilizando recursos oriundos de uma entidade espanhola, Manos Unidas para a construção de cisternas em forma de fundo rotativo. Posteriormente, a Associação de Agricultores Familiares Camponeses da Bahia-ASFAB, integrante da ASA – Articulação no Semiárido Brasileiro, trabalhou em parceria nos projetos de convivência com o semiárido, com outras entidade na execução das cisternas de placas para captação de água de chuva consumo humano e para produção de alimentos, sendo que estão inseridos aí os processos de Mobilização das famílias, seguida do cadastramento/seleção, para posteriormente realizar a Capacitação em Gestão de Recursos Hídricos e Convivência com o Semiárido e por último, construção. No Fortalecimento da Agricultura Familiar no Estado da Bahia por meio da disseminação de coletiva de conhecimentos agroecológicos, estratégias de convivência com o semiárido, promoção de práticas de Segurança Alimentar, hídrica e energética, potencializando o aproveitamento racional da bovinocultura, mandiocultura, apicultura, horticultura e caprinovinocultura, por meio de processos de acompanhamento técnico e formação continuada para qualificar as ações de ATER junto a agricultores e agricultoras familiares nos municípios que fazem parte do Territórios Sertão Produtivo, Velho Chico, Sudoeste.

Contato

7 + 5 =